osteotomia.panoramica2A cirurgia de Osteotomia do Joelho é indicada para pacientes com artrose inicial de apenas um dos lados do joelho e que geralmente apresentam o joelho “torto” para dentro ou para fora (valgo ou varo). Normalmente é indicada para pacientes abaixo dos 60 anos de idade, com uma boa mobilidade do joelho, com os ligamentos do joelho íntegros e que não tenham sobrepeso ou doenças sistêmicas como a artrite reumatóide.

A cirurgia de Osteotomia do Joelho consiste no realinhamento do eixo do membro inferior por meio de “cortes ósseos” no osso do fêmur logo acima do joelho ou na tíbia logo abaixo do joelho, conforme cada caso. O osso é então fixado na nova posição com placa e parafusos especiais para que ocorra a sua cicatrização.

O objetivo deste realinhamento é aliviar a pressão no lado acometido pela artrose, desviando a carga do peso do corpo para o lado sem artrose. Com isso, o paciente tem alívio da dor da artrose e consegue conviver com seu próprio joelho por muitos anos (na média, ao redor de 10 anos).

Caso a artrose progrida e o paciente volte a sentir dor no joelho com o passar dos anos, será indicada outra cirurgia para a colocação de uma prótese total do joelho.

Em resumo, a cirurgia de osteotomia do joelho visa retardar a progressão da artrose do joelho, aliviando a dor do paciente. O médico ortopedista especialista em joelho deve orientar os pacientes com artrose do joelho sobre a possibilidade e os resultados desta técnica, que deve ser muito bem indicada.