inchaco no joelho 1O inchaço no joelho é o acúmulo de líquido que aparece por problemas ou lesões na parte de dentro ou de fora do joelho.

Muitas vezes é chamado equivocadamente de “água no joelho”. Na verdade, o inchaço é causado pelo acúmulo do líquido sinovial (produzido normalmente ou em excesso dentro da junta), por sangue (hematomas dentro do joelho) e até mesmo por pus (devido a infecção dentro da articulação).

Na parte de fora, o inchaço pode ocorrer devido a bursites, tendinites e cistos. A bursite pré-patelar ocorre na região da frente da patela (rótula) e é frequente em pessoas que ajoelham muito ou que tiveram uma queda sobre o joelho.

A tendinite ou bursite da pata-de-ganso ocorre na região medial ou interna do joelho e é frequente em pessoas com artrose e fraqueza muscular.

Já o cisto poplíteo (ou de Baker) é uma “bexiga d’água” que se localiza na parte de trás do joelho, aparecendo também em pessoas com artrose e lesões de meniscos.

Quando o inchaço aparece dentro do joelho é conhecido como “derrame” articular e pode ocorrer subitamente por traumas diretos ou entorses (torções). Nestes casos, o inchaço é causado por ruptura dos ligamentos cruzado anterior ou posterior, luxação da patela, ruptura dos meniscos, lesão da cartilagem do joelho e até mesmo por fraturas (quebraduras ou trincados) dos ossos do joelho (exemplos: fraturas de platô tibial, patela, côndilo femoral e espinha tibial).

O inchaço no joelho também pode aparecer lentamente devido a doenças como artrose, gota (acúmulo de ácido úrico) e outras doenças reumáticas (exemplo: artrite reumatóide).

Para auxiliar no diagnóstico da causa do inchaço no joelho, muitas vezes é indicada uma punção do joelho para retirada do líquido e envio para análise em laboratório.

O paciente com inchaço no joelho deve procurar um ortopedista especialista em joelho para saber qual o seu problema e como deverá ser tratado.